terça-feira, 9 de dezembro de 2014

SUAS PEGADAS

SUAS PEGADAS


São seus dedos
Tateando 
Apalpando
Envolvendo meu corpo
Misturado ao desejo 
Que deixam pegada
Safada
E marcas marcadas
Tal qual gatos no cio.
São suas mãos
Que alisando
Buscando
Querendo minhas curvas
Sussurram ao ouvido
Procurando gemido
E o meu arrepio.
Sacia
A vontade da boca
A saudade do corpo
O desejo da carne
Invade
O templo do corpo
O tempo da alma
E a eternidade.

KG Kati


ADOLESCENTES - SOMOS TÃO JOVENS!

Querido leitor. Sabe aqueles dias que a gente fica se perguntando onde foi parar o tempo? Onde estão os dias que faltavam para pa...