terça-feira, 31 de março de 2015

Poema - QUASE DUVIDOSO


Acho que amo você
De um jeito tímido
Inibido
Quase duvidoso
Indescritível à minha razão
E ao mesmo tempo tão certo.
Acho que amo você
De um jeito, assim,
Tão leve
Que o estômago voa
E leva o âmago da alma
Pra passear com o coração.
Inexiste a solidão
E o sinto tão perto.
Acho que amo você
E paro pra ouvir a voz que vem
Do meu silêncio tão complexo
E é além de sexo!
É a vontade de sorrir
De querer permanecer em você.
Querer definir a paixão.

Acho que amo você...
KG Kati
Seja bem vindo em meu perfil FACEBOOK clicando na foto




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo! Clique SEGUIR, seja um seguidor do blog e comente!