Poema - QUASE DUVIDOSO


Acho que amo você
De um jeito tímido
Inibido
Quase duvidoso
Indescritível à minha razão
E ao mesmo tempo tão certo.
Acho que amo você
De um jeito, assim,
Tão leve
Que o estômago voa
E leva o âmago da alma
Pra passear com o coração.
Inexiste a solidão
E o sinto tão perto.
Acho que amo você
E paro pra ouvir a voz que vem
Do meu silêncio tão complexo
E é além de sexo!
É a vontade de sorrir
De querer permanecer em você.
Querer definir a paixão.

Acho que amo você...
KG Kati
Seja bem vindo em meu perfil FACEBOOK clicando na foto




Comentários

BLOGS QUE EU SIGO

Postagens mais visitadas

ANIMAIS DE ZOOLÓGICO - SAPUCAIA DO SUL/RS

EMOÇÕES X INSTINTOS - Crônica

Texto - HOMENS & MULHERES

Texto CIGARRO. O “GRANDE MAL” DA HUMANIDADE

Poesia sensual - PEGADA BOA

Livro Lembranças Cruzadas em Poesia

Compre aqui o livro 'LEMBRANÇAS CRUZADAS Em Poesias'

Livro Lembranças Vividas

Compre aqui o livro 'Lembranças Vividas '

Livro Sonhos Vividos

Compre aqui o livro 'Sonhos Vividos'