quarta-feira, 6 de julho de 2016

EMOÇÕES X INSTINTOS ENTRE HOMENS E MULHERES - Texto


  
EMOÇÕES X INSTINTOS

Você consegue dominar suas emoções? Como podemos estar sempre zen, como pedem os analistas, para manter o nosso corpo e a nossa mente saudáveis? Imagine a cena: uma cachoeira, barulho de água corrente, muito calor, banho de cachoeira... Sanguessuga, mosquitos, resvalada básica... Tudo pode acontecer! E o comportamento zen? Vai para o espaço. 

 


A cada dia estamos sujeitos a vários acontecimentos. Depende muito de nosso estado de espírito, o resultado de cada um deles. O que podemos fazer para que possamos reagir aos nossos instintos? Porque, vamos analisar, se os nossos atos forem incontroláveis quer dizer que eles vêm do mais íntimo INSTINTO. 

O que explica o fato de, por exemplo, numa noite escura, sem nenhum fio de luar, ao nos encontrar sozinhos, no mais escuro breu, reunir toda a coragem que nos resta para aguçar os ouvidos e prestar atenção aos ruídos que nos rodeiam?  

Quem já não teve essa sensação de que tudo que nos rodeia está vivo, nos espreitando e esperando a hora oportuna de atacar? Mesmo que num tempo distante, de criança ainda, de primata, acho que todos temos esse instinto de sobrevivência em nossas veias.



E no amor, então, por que os homens e as mulheres são tão diferentes? Não seria devido à cultura muito antiga, onde os homens sempre tiveram total liberdade para escolher, entre as mulheres, várias que lhes satisfizessem os desejos? 

Existiu, há muito tempo, a era do HARÉM. Quem não ouviu falar? Isso explicaria um pouco do pouco controle dos homens em admitir um só relacionamento. 


Porque, convenhamos, os homens, em matéria de fidelidade ficam bem atrás das mulheres. Não que as mulheres não traem, mas elas sempre vão trazer em seu íntimo a sensação de que devem ser de um homem só. Quem se rebela de alguma maneira ao comportamento do seu homem reage e aí sim, tenta revidar e começa a trair. 


O mundo de hoje está dando a oportunidade das mulheres agirem por conta própria. São mais “donas do próprio nariz”, estão se realizando profissionalmente, coisa que antigamente era impossível. Mas na maioria dos casos, as mulheres sempre vão ter em seu íntimo o instinto de protetora do lar, educadora e fidelidade assumida.



Não estou dizendo que as mulheres são fiéis, mas que elas, no seu íntimo, acham que deveriam ser. 

E os homens, por sua vez, no seu lado instintivo, são infiéis por natureza. Também não estou dizendo que os homens não são confiáveis, mas que eles, no seu íntimo, acham que não precisariam ser fiéis.
Daí a interrogação que me trouxe a essa análise toda: 
“Você consegue dominar suas emoções, seus instintos?” 
Devido ao ciclo da vida da humanidade eu arrisco opinar que isso é mais fácil às mulheres do que aos homens... 

Agora, quando nos referimos às explicações... 
De longe nos rendemos nós, as mulheres, à conversação, à organização da rotina, às tarefas rotineiras e às obrigações do lar. Acredito que não conseguimos dominar a impaciência, que faz com que comecem as discussões, as cobranças e os “papos sobre a relação”. 

Sem falar no sexto sentido! Esse é o instinto que nunca iremos controlar, mas, que se não o tivéssemos, não poderíamos nos denominar MULHERES...
Mas acredito ser possível para ambos, quando há dedicação e tolerância, dominarmos o instinto primata de que somos feitos.

Aos homens, porém, um recado: temos uma vantagem em relação a vocês, aos seus instintos. Nós mulheres, além de termos um instinto de procriação, de caça e de sedução, talvez até maior que o dos homens, também temos o instinto de saber o que se passa nas emoções do homem, no seu mais íntimo desejo!


KG Kati
Fique com Deus e tenha uma ótima quinta-feira.
Beijos meus.
Katia gobbi (KG Kati)

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo! Clique SEGUIR, seja um seguidor do blog e comente!