quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO - OS GATOS - CURIOSIDADES



Querido leitor.

Hoje parei pra observar meus dois tesouros de estimação. Um casal de gatos que estão convivendo juntos a menos de um ano. A fêmea já tem uns quatro anos e se chama Nina. Sempre foi muito meiga, sem maldade nas garras. Posso fazer carinho em qualquer parte de seu corpo que ela adora. 

O machinho foi encontrado pela minha filha, perto de casa, miando desesperado no meio de um terreno baldio. Ela sempre foi uma protetora de animais, desde pequena, já trouxe vários animais para doação. O Oliver foi mais um. Adorável, dono de expressivos olhos verdes, já conquistou a todos aqui em casa. 



Gatos são animais que me fazem bem, que me fazem refletir. 
Sério! Observo suas atitudes e cada vez me identifico mais com eles! Não são tão pedintes e carentes como os cães, nem tão submissos. Precisam de nós ao mesmo tempo que nos fazem precisar deles. Conquistam a confiança e o amor dos seus donos, por que sentem quem os ama de verdade, aproveitam-se disso! E fazem figa às pessoas que não os compreendem, defendem-se com unhas e dentes, literalmente. 



Não são como os cães que, apesar de maltratados, voltam aos seus donos com o rabo entre as pernas. Os gatos tem brios e orgulho. Fogem de quem os fazem pagar por suas frustrações. 

Pois bem, voltando ao assunto “meus bichanos”, o relacionamento entre eles foi hostil durante as primeiras 48 horas, somente. Logo, acostumaram-se um ao outro a ponto de dormir encostadinhos! 

Tive certeza que fizemos a coisa certa adotando o Oliver. E tive certeza, também, que gatas também adotam!

Caí ainda mais de amores por eles!

Falando em felinos, dá uma olhada nas curiosidades que encontrei sobre eles.


•Homens e gatos possuem a mesma região do cérebro responsável pelas emoções. O cérebro do gato é mais similar ao do homem do que ao do cão.                                        •Os gatos possuem 30 vértebras, 5 a mais que os humanos.

•A audição dos gatos é muito mais sensível do que a dos homens e cães. Seus ouvidos afunilados canalizam e amplificam os sons como um megafone.

•Recentes estudos revelaram que os gatos podem ver o amarelo, o azul e o verde. Ainda não se sabe ao certo se conseguem ver o vermelho, provavelmente essa cor é vista como cinza ou preto.


•As patas do gato possuem receptores muito sensíveis que levam informações, na velocidade da corrente elétrica, até o cérebro, exploram coisas novas, sentem os alimentos e a velocidade do que passa sobre elas.

•No fundo do olho, os gatos têm uma camada de células denominadas tapetum lucidum. A luz, após absorção, é refletida por essas células de volta para a retina, para que seus receptores tenham uma segunda chance de captá-la. Isso aumenta a eficiência dos receptores da retina em cerca de 40%.

•Os gatos andam na ponta dos dedos.

•O gato possui um total de 24 bigodes, agrupados de 4 em 4. Seus bigodes são usados para medir distâncias. •O gato possui 60 a 80 milhões de células olfativas. O homem possui entre 5 a 20 milhões.

•Os gatos são muito limpos e passam cerca de 30% de sua vida se limpando.

•O campo de visão do gato é de 185 graus. Por serem muito sensíveis à luz, os olhos dos gatos possuem pupilas verticais.   Quando totalmente abertas, elas ocupam uma área proporcionalmente maior do que a pupila do homem.

•Leva cerca de 2 semanas para o filhote ouvir bem, e seus olhos abrem em média com 7 dias.

•O gato treme quando sente muita dor.

•O ronronar nem sempre é por alegria e prazer. Alguns gatos ronronam alto quando estão muito assustados ou com dor.

•Gatos selvagens miam muito menos do que os domésticos. Isso se deve ao fato de os gatos aprenderem que miando chamam a atenção do homem para suas necessidades.


•Gatos adultos e sadios passam 15% de sua vida em sono profundo e 50% de sua vida em sono leve, o que deixa apenas 35% do tempo no estado acordado. No entanto, passam do estado de sono profundo para acordado e alerta mais rápido do que qualquer espécie.
•O gato sempre cai de pé, desde que o tempo de queda seja suficiente para que ele gire seu corpo e se defenda da queda, amortecendo o impacto. •Gatos têm 30 dentes, enquanto os cães possuem 42. Os dentes de leite são substituídos pelos permanentes por volta dos 7 meses de idade.   •A expectativa de vida de um gato de rua (sem dono) é de cerca de 3 anos. Um gato com dono e dentro de casa pode chegar a 16 anos.



•Os gatos ouvem até 65 kHz (quilohertz), enquanto os homens ouvem até 20 kHz.


•Os gatos sacrificaram os detalhes e as cores pela capacidade de enxergar com pouquíssima luz. Eles não conseguem enxergar pequenos detalhes, veem o mundo sem focá-lo.


•Em proporção ao corpo, os gatos são os mamíferos que possuem os maiores olhos.



•Quando se lavam, os gatos perdem quase tanto líquido quanto perdem na urina.


Assista a seguir o vídeo do nosso Oliver, mostrando que animais também tem inteligência!!




Saiba mais sobre bichanos clicando no link abaixo.



Bem, vou ficando por aqui.
Fiquem com Deus e tenham uma ótima quinta-feira.
Beijos meus.
KG Kati (Katia Gobbi)                       





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo! Clique SEGUIR, seja um seguidor do blog e comente!